[file:///C:/Documents and Settings/Rogério Marcelo/Os meus documentos/My Webs/V03-VisitBeiras/_borders/top.htm]
[file:///C:/Documents and Settings/Rogério Marcelo/Os meus documentos/My Webs/V03-VisitBeiras/_borders/left.htm]

 

   

Glossário                                                                                                                        

 

Por ser este um sítio de informação turística, apresentamos aqui a explicação de alguns dos principais conceitos utilizados na actividade turística. 

1   

Agências de Viagem e Turismo

Empresa cujo objecto compreenda o exercício das seguintes actividades:

- Organização e venda de viagens turísticas;

- Reserva de serviços em empreendimentos turísticos, em casas e empreendimentos de 

  turismo no espaço rural e nos estabelecimentos, iniciativas ou projectos declarados de

  interesse para o turismo;

- Venda de bilheteria e reserva de lugares em qualquer meio de transporte;

- Representação de outras agências de viagem e turismo, nacionais ou estrangeiras, ou de

  operadores turísticos estrangeiros, bem como a intermediação na venda dos respectivos

  produtos;

- Recepção, transferência e assistência a turistas.

   

Agro-Turismo

Serviço de hospedagem em casas particulares integradas em explorações agrícolas, utilizadas simultaneamente como habitação do proprietário, possuidor ou legítimo detentor, que permitam aos turistas o acompanhamento e o conhecimento da actividade agrícola ou a participação graciosa nos trabalhos aí desenvolvidos.

      

Aldeamento Turístico
Estabelecimento de alojamento turístico constituído por um conjunto de instalações funcionalmente interdependentes com expressão arquitectónica homogénea, situadas num espaço delimitado e sem soluções de continuidade, que se destinem a proporcionar, mediante remuneração, alojamento e outros serviços complementares e de apoio a turistas.

        

Animação Ambiental (Turismo Natureza)

Conjunto de actividades que se traduzem na ocupação dos tempos livres dos turistas e visitantes, através da integração dessas actividades e outros recursos das áreas protegidas, contribuindo para a divulgação da gastronomia, do artesanato, dos produtos e das tradições da região onde se inserem, desenvolvendo-se com o apoio das infra-estruturas e dos serviços existentes e dos serviços no âmbito do Turismo de Natureza.

       

Animação Turística

Conjunto de actividades de carácter cultural, desportivo, recreativo, etc. que se desenvolvem numa região, área ou estabelecimento, destinadas a atrair turistas ou a preencher os seus tempos livres.

         

Apartamento Turístico
Estabelecimento constituído por fracções de edifícios independentes, mobiladas e equipadas, que se destinem habitualmente a proporcionar, mediante remuneração, alojamento a turistas.

      

Artesanato

Indústria caseira, obra de artesão.

     

Atracção Turística

Elemento natural ou artificial que motiva a deslocação. As atracções – ou atractivos – são naturais quando obra da própria Natureza ou Bens de Património e artificiais encontrando-se nestes casos as manifestações festivas, competições desportivas, centros de lazer, parques temáticos, museus, monumentos, etc.

 

 

 

 

< Pág.Anterior   Pág.Seguinte >

     

[file:///C:/Documents and Settings/Rogério Marcelo/Os meus documentos/My Webs/V03-VisitBeiras/_borders/right.htm]

 

[file:///C:/Documents and Settings/Rogério Marcelo/Os meus documentos/My Webs/V03-VisitBeiras/_borders/bottom.htm]